Imagens e laudos de alta
qualidade e precisão!

Alzheimer: quais os primeiros sintomas da doença?

Primeiramente, você sabe o que é o Alzheimer? A doença, mais comum em idosos, é causada pela morte das células cerebrais. Perda de memória e confusão são os principais sintomas. O diagnóstico precoce pode garantir mais qualidade de vida aos pacientes.

Dados mostram que a Doença de Alzheimer (DA)  atinge 11,5 % da população idosa do Brasil. O principal fator de risco para o Alzheimer é o envelhecimento, mas alguns hábitos de vida e/ou doenças também podem estar relacionados ao aparecimento. Hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes, sedentarismo e obesidade são alguns exemplos.

Vale lembrar que o Alzheimer também pode se manifestar precocemente em algumas pessoas, devido a fatores genéticos. No entanto, a doença não tem cura, mas têm tratamento que vai desde uso de medicamentos, terapia ocupacional, fisioterapia, fonoaudiologia, suporte familia e psicológico, entre outros.

Além disso, manter uma vida mais saudável, praticar atividades físicas e estimular o cérebro, podem contribuir para a prevenção e desacelerar a progressão do Alzheimer. Alguns exemplos: estudar, ler, evitar fumar, manter a mente ativa e uma alimentação mais saudável, praticar atividades em grupo e etc.

Quem tem DA requer um olhar mais cauteloso pois, as funções cognitivas como memória, concentração, linguagem, e comportamento, são comprometidas com o tempo, de forma progressiva. Os principais sintomas da doença são: irritabilidade, perda da memória, prejuízo na capacidade de orientação e falhas na linguagem. 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 70% dos casos de demência, são causados pelo Alzheimer. Além disso, no Brasil, este número pode triplicar até 2050

Estágios do Alzheimer

O quadro clínico de quem possui a doença, costuma ser dividido em 3 estágios/fases. São eles:

Leve: os pacientes costumam ter perda de memória recente, desorientação em relação ao tempo e espaço, dificuldade para tomar decisões, além de ficarem mais irritados, apáticos ou até mesmo depressivos.

Moderada: nesta fase, algumas atividades do dia a dia como cuidar da higiene pessoal, passam a ser mais difíceis. Além disso, o esquecimento se torna mais frequente. O paciente também costuma precisar de ajuda para o autocuidado.

Grave: a capacidade motora fica mais comprometida e a memória também. Para o paciente é um desafio conseguir lembrar de amigos, familiares, fatos e lugares marcantes. 

Para diagnosticar o Alzheimer, é feita uma avaliação médica criteriosa, teste para verificar a memória e outras funções cognitivas, e também exames de neuroimagem. Portanto, um dos exames indicados é a Ressonância Magnética. O aparelho emite imagens em altíssima qualidade e pode detectar alterações nas estruturas cerebrais e indicar o início da doença.

Em suma, quanto antes identificado e iniciado o tratamento,  mais chances de retardar a progressão da doença e também mais oportunidade de promover bem estar ao paciente. 

Precisou de exames de imagem? Conte com a clínica RD Xavier. Clique aqui para agendar.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

OUTRAS PUBLICAÇÕES

FALE
CONOSCO

ENDEREÇO

Unidade I – Juçara
Rua Pernambuco, 545, Juçara,
Imperatriz-MA.

Unidade II – Centro
Rua Paraíba, 694, Centro, Imperatriz-MA.

ATENDIMENTO

Horário de funcionamento:
Segunda a Sexta das 8h às 18h
e Sábado das 08h às 12h.

REDES SOCIAIS

COMO PODEMOS
TE AJUDAR?